Un Buda

.
Em meio à louca movimentação de um típico feriadão de carnaval no Brasil, fui parar no lugar onde menos queria estar por esses dias: na minha casa. Mesmo com tentativas frustradas de sair, viajar, refugiar-me numa chácara, numa cachoeira, numa cerimônia… nada deu certo. Gripe, desencontros, intuição. O lugar onde eu menos queria estar era o lugar onde eu deveria estar. Certo! Compreendi. Estar aqui tem servido a cada instante. Desindentificação com pequenices, silêncio, meditação, aqui e agora. Enfim…

Nessa minha jornada carnavalesca domiciliar, lembrei-me de um filme indicado por uma amiga e fui à caça, na web. Sem Megaupload e com uma internet lenta pra baixar… achei que não seria possível. Mas eis que encontrei la película: Un Buda.

O filme é argentino e dirigido pelo diretor Diego Rafecas. Nada de pieguices, de estereótipos, de exageros. Resumindo, Un Buda conta a história de Tomás, um praticante de meditação que tenta equilibrar sua prática, cada vez mais profunda, com a vida normal de um jovem que trabalha, namora, se diverte e é incompreendido devido à espiritualidade. Com marcas profundas da infância, onde viu, na companhia do irmão, os pais serem sequestrados por forças militares, Tomás imerge cada vez mais em si mesmo e no caminho que escolheu seguir. Até que, pronto, encontra seu mestre, encontra respostas.

É melhor eu parar de falar. E muito melhor é assistir o filme e refletir em vários pontos que se aplicam à essa nossa vida cotidiana. Só consegui achar uma versão online em espanhol e sem legenda, no site Webislan. Quem preferir baixar e ver legendado, melhor.

Publicado no antigo Além de 19.02.12
.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s