Odoyá

.

paulicasanto_iemanja-copy1

Ilustração: Paulica Santos

Quando ela chega tudo vem
Nada fica no lugar
Traz segredos, leva medos
Seu amor vem consagrar

Nas águas de mainha
Homem bravo vi chorar
Mulher forte se alevanta
Entoa cantos do alto-mar

Com ela, vou-me embora
Pelo mundo a girar
Tanto canto, tanta gente
Encontros não há de faltar

Dia dois de fevereiro
Dia de Yemanjá
A força dessa Rainha
Faz meu corpo balançar

Mas moro num lugar distante
Longe, bem longe do mar
A rosa do meu coração
É o que posso lhe ofertar

Aceite, minha sereia!
Nas águas que tudo há
No teu dia, minha senhora
Te saúdo, Odoyá!

Key Dias – 02.02.13 / 29.01.2015
Com colaboração do meu mestre de Capoeira Angola, Formiguinha!

* * *

Um hino que inspira:


.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s