DESAVERSOS (POESIAS)

Agora

.
Já encontrei meu amanhã no agora

e meu passado no mesmo momento.
Era eu a amarrar o tempo.

Vão esforço de tantas horas.
Inversa, errante fiadura.
A história de hoje é a que perdura.

Keyane Dias
01.09.14 – Campinas (SP)

Ilustração: Taíme Gouvêa

.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s