Outra

rumi3

Ilustração: Rumi Matsumoto

O outro é sempre mistério
nas bordas da certeza.
Terra incógnita,
como as partes de mim
que ainda não conheço.

O outro é mata a dentro,
s
ilêncio pulsante
atravessado de
segredos e descomeços.

Mas eu também sou terra incógnita,
sou “do tamanho do mundo”,
eu s
ou sertão
pra quem ousar me percorrer.

O outro sou eu
e eu sou sempre outra
parte de mim mesma.

Keyane Dias
17.02.15

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s