..

Mas que mania
Que esse ser humano tem
De pensar no que ainda vem
Sem olhar pro que é de agora
Mas que afoita
Essa tal de ansiedade
Parece até que é verdade
O embolo que faz com a hora

Já me cansei
Já fiz tanta presepada
Teimando na empreitada
De com o tempo tentar bulir
Ele escorrega
Esse tempo sabe o que faz
Num há menos, nem há mais
Sem nele a vida fluir

Vê se sussega
Desapegue desse castigo
Meu irmão, venha comigo
Pois só hoje há de valer
Há tanta estrada
Precisamos de mais gente
Que se ajunte no presente
Para olhar e poder ver.

Apois, veja!
Olha quantos vem chegando
Quanta gente se aprumando
Todos tem capacidade
Agora é hoje!
Nem precisa mais falar
Basta só continuar
Nesse andar da liberdade.

Keyane Dias — 16.04.2016

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s