Velha voz que em mim falou: AFLORA

(Versos pro 13 de maio, dia das pretas e pretos velhos que ensinam sobre o viver)

 

preta_velhaAflora, minha fia! Aflora!
Deixe parir de vez teu cantar de amor,
liberdade não cabe em botão de flor.
Amor quer ser pétala e aflorar,
colorir o húmus que o faz brotar.

Aflora, minha fia! Aflora!
Semente que nasce deixou morrer,
abriu casca velha a se desfazer.
Falar que é fácil num posso não,
mas tu tem a força, já tem a benção.

Respira do orvalho que te faz crescer,
é na terra que o Sol vem nos aquecer.
Se alembre que tudo há de ter caminho
e percorra teus passos bem de mansinho.

E se acaso for forte a ventania,
na raiz tu te firma, segura e confia!
Escolhe, pois só tu poderá saber,
onde germinar o que se quer colher.

Aflora, minha fia! Aflora!
Cada dia é novo, acorda a cantar.
Minha voz eu te dei foi para aflorar!

Keyane Dias – 11.05.16

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s