Todos

.

Estamos todos aqui,
em aleitamento
no colo da Grande Mãe.

Velhas crianças
reaprendendo a balbuciar
a primeira linguagem da existência.

Estamos todos aqui,
perpetuando explosões quânticas,
completamente incompletos
por esquecimento.

Estamos todos aqui
e agora:
sem limites,
sem correntes,
sem véus,
sem culpas.

Estamos todos aqui
e sempre:
com o Uno,
com tudo,
com todos,
a sós.

Key Dias — 07.12.2016

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s