Iyengar Yoga

.
Iyengar Yoga é um método de ensino e prática do Hatha Yoga fundamentado nos ensinamentos do mestre B. K. S. Iyengar e da sua filha e mestra Geeta S. Iyengar. Seus fundamentos partem dos Yogasutras de Patanjali, dando ênfase à pratica de asanas (posturas físicas) e pranayamas (exercícios de respiração consciente e ampliada). A metodologia de ensino é gradativa e segue princípios como alinhamento, tempo e permanência, sequenciamento (vinyasa krama) e ações precisas para cada parte do corpo. Outra característica é a utilização de acessórios (props), como blocos, cintas e almofadões, os quais dão suporte à execução dos ásanas e pranayamas. Os props foram desenvolvidos pelo guruji Iyengar, a partir de seus mais de 80 de prática, ensino e decodificação bioenergética das posturas clássicas do Hatha Yoga.

Ao mesmo tempo em que possui um grande rigor técnico, o método possibilita que diferentes corpos se aproximem do Hatha Yoga com segurança e acolhimento, por respeitar as particularidades e a travessia externa e interna de cada sadaka (praticante). Outros dois pontos importantes do método é o estudo do Yoga numa abordagem terapêutica e o cuidado relativo à saúde da mulher e dos corpos cíclicos em cada uma de suas fases. Na travessia do corpo físico ao nossos corpos sutis, nesta escola aprofundamos gradativamente em aspectos filosóficos e também espirituais do Yoga, a partir do nosso território primeiro: o corpo. Quando mergulhamos no universo do Iyengar Yoga, meditamos em ação e ganhamos vitalidade para movimentar o fluxo de energia a nível celular, despertando a expansão da consciência e a firmeza mental.

B. K. S. Iyengar e Geeta S. Iyengar. Imagem extraída do site do CIYF


“Os asanas não são escolhidos por capricho pessoal. Ao sequenciar, a inteligência corporal é desenvolvida lentamente para possibilitar a compreensão do corpo. […] A mente se expande gradualmente. O corpo se torna um universo para a viagem de interiorização da mente. A inteligência se expande, ocupando cada área e dando a sensação de espaço. A saúde física e mental são construídas lentamente, mas positivamente. Mais do que o corpo, é a mente que requer uma abordagem sutil e generosa.”

— trecho do livro Diretrizes Básicas para Professores de Yoga —
(B. K. S. Iyengar e Geeta S. Iyengar)
.

B.K.S. Iyengar

B.K.S. Iyengar (14/12/1918 – 20/08/2014) foi um mestre da arte do Yoga, nascido na cidade de Bellur, Sul da Índia. De família humilde e com uma infância marcada por problemas de saúde, o jovem Iyengar teve a oportunidade de conhecer a prática do Hatha Yoga aos 14 anos, junto ao seu guru e também cunhado Krishnamacharya, grande mestre que influenciou muito do que vivenciamos no Hatha Yoga Moderno e na Yogaterapia. A partir das curas que alcançou com sua prática firme, Iyengar tornou-se professor, viajou o mundo difundindo o Hatha Yoga e seguiu praticando até os últimos dias de vida, desenvolvendo um método de ensino preciso.

Além do ensino, o mestre também dedicou-se à escrita, publicando livros sobre a prática, didática e filosofia yóguicas, com traduções em diferentes idiomas. Na cidade de Puna (Índia), fundou o Ramamani Iyengar Memorial Yoga Institute, que segue propagando o método aos cuidados da família Iyengar e de outros professores certificados. Guruji Iyengar fez sua passagem aos 96 anos de idade, deixando um legado que é referência para a história do Hatha Yoga contemporâneo e para praticantes de todo o mundo.

Imagem extraída do site Kerikeri
Foto do livro “Luz sobre o Yoga”


Geeta S. Iyengar

Geeta S. Iyengar (07/12/1944 – 16/12/2018) foi uma das primeiras mulheres indianas e contemporâneas a ser reconhecida como mestra de Yoga. Filha mais velha do guruji B.K.S. Iyengar, iniciou-se ainda na infância, acompanhando a prática do pai. Na juventude, também sofreu com graves problemas de saúde, como nefrite (rins), icterícia, febre tifoide e malária. Desacreditada pela medicina convencional, foi tratada pelo pai através do Yoga, adquirindo rapidamente disciplina na prática e melhoras na saúde.

Geeta começou a dar aulas na década de 60. A partir de 1984, tornou-se codiretora do Ramamani Iyengar Memorial Yoga Institute. Adaptou o método desenvolvido pelo seu pai, avançando na didática e nos estudos voltados às necessidades específicas das mulheres e suas diferentes fases da vida. Viajou o mundo, formou alunos de vários países, editou manuscritos do mestre Iyengar e também escreveu seus próprios livros. Fez sua passagem em 16 de dezembro de 2018, aos 74 anos, dois dias após o centenário de nascimento do pai.

Imagem extraída do site Iynaus
Fotos do livro “Yoga: a gem for a women”, escrito por Geeta

AULAS PRESENCIAIS

.
.
SE LIGA!
Este é um texto escrito a partir de estudos e vivências pessoais. Se for compartilhar trechos ou na íntegra, cite a autoria e a fonte. O tipo de licença tá na barra lateral direita do blog.