Publicações

“Sou raiz.
E vou caminhando sobre minhas raízes tribais.”
~ Cora Coralina ~

 


Atraverso
Chiado Editora | 2018
Com ilustrações de Nara Oliveira

Atraverso percorre a existência, desaversando nossa saga de ser gente. Uma tradução poética das entrelinhas, emoções e sensações que nos afoga entre o chão e o céu. Como uma escrita mística e ao mesmo tempo visceral, a autora parece querer falar diretamente com nossa alma, narrando ancestralidades, reflexões e voos atemporais.

Disponível para compra na Livraria Sebinho (Brasília), no site da Chiado Books e também pela Livraria Saraiva, Livraria CulturaLivraria Curitiba.

 


Travessias
Independente (FAC-DF / Benfeitoria) | 2018
Com ilustrações de Nara Oliveira

É na trama caminhante dos encontros pelo Brasil Profundo que nasce o livro Travessias – poesias e prosas no chão das tradições. Na obra, a autora taguatinguense Keyane Dias, filha e neta de nordestinos, versa sobre vivências no chão de culturas tradicionais e na busca por relembrar os fios cortados da sua própria ancestralidade, mestiça feito nosso país. São poesias e prosas inspiradas naqueles e naquelas que tecem sonhos reais entre cerrados, sertões, gerais, matas e litorais.

Disponível para venda na Livraria Sebinho (Brasília) ou por encomenda através do e-mail keyane.aflora@gmail.com.
 


Benzadeus!
Literatura de Cordel |
2017

Primeiro livreto de cordel impresso da autora. Versos para falar das mestras que mantêm e compartilham os saberes sagrados da cura, benzeção, ervas e parto. As Ciências da Vida para a Terra não padecer. Ilustração de capa de Nara Oliveira.

 


Útera – Poesias Paridas
Zine independente | 2016

Livreto independente com poesias escritas para o feminino que habita em nós. Memórias e lampejos de mulher. A elas, a nós, às lobas. Ilustrações de Nara Oliveira, Giuliana Machado e Juliana Tonalezzi. Fotografias de Mariana Cabral.

 


Desaverso
Zine independente | 2015

Livreto independente, com feitura artesanal e costurado à mão. Poesias nascidas no chão das tradições e do despertar. Ilustrações e gravuras de Nara Oliveira, Sirlanney, Pedro Sangeon e Jorge Victtor (in memoriam).